Edição 100

Novembro de 2014

ARTIGOS

Reprodução após os 30 anos no Estado de São Paulo

O artigo se propôs investigar o adiamento da reprodução no estado de São Paulo, entendido como postergação do nascimento do primeiro filho, de mulheres maiores de 30 anos.

ARTIGOS

A Mecânica da Instabilidade de Regime na América Latina

Este artigo aborda estritamente um único enigma: por que os países que tentaram instaurar uma democracia mais cedo a vivenciaram com menor frequência?

ARTIGOS

Ateísmo no Brasil: da invisibilidade à crença fundamentalista

Apesar do aumento significativo do número de brasileiros que se declaram sem religião, de acordo com o Censo de 2010, o ateísmo como doutrina política permanece praticamente invisível como fenômeno social e como objeto de pesquisa acadêmica no Brasil.

ARTIGOS

A universidade entre a excelência administrada e o social-desenvolvimento

Este texto é parte de um projeto mais amplo de reconstrução de "modelos de universidade" e de sua influência nas políticas públicas acadêmicas e científico-tecnológicas de três países: Alemanha, EUA e Brasil, chegando até uma avaliação mais específica da Universidade de São Paulo.

ARTIGOS

O que significa "Pensar o País"?

Um debate a propósito de Por que o Brasil cresce pouco?, de Marcos Mendes.

ARTIGOS

O abolicionismo como movimento social

O artigo analisa o fenômeno da abolição da escravidão no Brasil a partir de uma sociologia política relacional.

ARTIGOS

Política municipal e acesso a serviços de saúde

São Paulo 2001-2012, quando as periferias ganharam mais que o centro.

ARTIGOS

Dança de Parâmetros

A abertura de Esaú e Jacó é um dos grandes momentos da narrativa brasileira. Subjacente ao seu andamento errático, há um sistema engenhoso de tópicos e pontos de vista, em que está configurada a experiência histórica de uma ex-colônia.

ARTIGOS

John Ford e os heróis da transição no imaginário do western

O artigo analisa o percurso do western de John Ford a partir de No tempo das diligências (1939), Rastros de ódio (1956) e O homem que matou o facíonara (1962), obras que compõem uma trilogia voltada para distintas etapas da conquista do Oeste.

Artigos mais acessados

Brasil, junho de 2013: classes e ideologias cruzadas

André Singer

Historinhas (irrelevantes) sobre as constituições brasileiras

Virgílio Afonso da Silva

Massacre do Carandiru: vinte anos sem responsabilização

Luisa Moraes Abreu Ferreira, Maíra Rocha Machado, Marta Rodriguez de Assis Machado

Teoria Crítica: uma nova geração

Marcos Nobre

Enclaves Fortificados: A Nova Segregação Urbana

Teresa Pires do Rio Caldeira

Na próxima edição

Nenhum conteúdo disponível

Novembro 2014

Julho 2014

Julho 2014

Março 2014